top of page

“As Áfricas que a Bahia Canta”


Autores: Lequinho/ Junior Fionda/ Gabriel Machado/ Guilherme Sá/ Paulinho Bandolim

Intérpretes: Marquinho Art’ Samba e Dowglas Diniz

OYÁ, OYÁ, OYÁ Ê Ô! Ê MATAMBA, DONA DA MINHA NAÇÃO FILHA DO AMANHECER, CARREGADA NO DENDÊ SOU EU A FLECHA DA EVOLUÇÃO SOU EU MANGUEIRA FLECHA DA EVOLUÇÃO LEVO A COR, MEU ILÚ É O TAMBOR QUE TREMEU SALVADOR, BAHIA ÁFRICAS QUE RECRIEI RESITIR É LEI, ARTE É REBELDIA COROADA PELOS CUCUMBIS DO QUILOMBO ÀS EMBAIXADAS CM GANZÁS E XEQUERÊS FUNDEI O MEU PAÍS PELO SOM DOS ATABAQUES CANTA MEU PAÍS TRAZ O PADÊ DE EXU PRA MAMÃE OXUM TOCA O IJEXÁ RUA DOS AFOXÉS, VOZ DOS CANDOMBLÉS XIRÊ DE ORIXÁ DEUSA DO ILÊ AIYÊ, DO GUETO MEU CABELO BLACK, NEGÃO, COROA DE PRETO NÃO FOI EM VÃO A LUTA DE CATENDÊ SONHO BADAUÊ, REVOLUÇÃO DIDÁ CANDACE DE OLODUM, SOU DEBALÊ DE OGUM FILHOS DE GANDHY, PAZ DE OXALÁ QUANDO A ALEGRIA INVADE O PELÔ, É CARNAVAL! NA PELE O SWING DA COR O MEU TIMBAU É FORÇA E PODER POR CADA MULHER DE LIBERTA O BATUQUE DO CANJERÊ EPARREY OYA! EPARREY MAINHA! QUANDO O VERDE ENCONTRA O ROSA TODA PRETA É RAINHA O SAMBA FOI MORAR ONDE O RIO É MAIS BAIANO REINA A GINGA DE IAIÁ NA LADEIRA NO ILÊ DE TIA FÉ, AXÉ MANGUEIRA!

Posts Relacionados

Ver tudo

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page